Menu

Na dependência de Deus

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Uma das características fundamentais para alcançarmos as bênçãos de Deus é colocar-nos na dependência dele.

Quando Neemias ouve os relatos a respeito da miséria do povo em Jerusalém, toma uma decisão e nos deixa o exemplo. Neemias orou por quatro meses antes de falar com o rei. Ele não foi um tipo impulsivo, que, ao tomar conhecimento da penúria em que se encontrava Jerusalém, saiu correndo para pedir ao rei licença de suas atribuições.

Ele também não foi alguém “supercorajoso” ao se apresentar ao “chefe”. Ele foi humano e teve medo, como todos nós. Porém, apesar disso, agiu. E ainda reconheceu que por suas próprias ações não obteria êxito, mas teria de contar com a mão soberana de Deus. Ele foi humilde de espírito e reconheceu que em tudo dependia de Deus.

Mas, mesmo temendo, podemos ver que Neemias ousou colocar diante do rei a razão de sua tristeza. Pediu ao rei que desse cartas aos governa- dores da região para que permitissem sua passagem e entrada em Judá e para que dessem madeira para as vigas das portas do templo e para os muros da cidade.

E, por saber-se dependente de Deus, foi agraciado por Ele com bênçãos acima do seu próprio entendimento e expectativas. O copeiro e servo do rei tornou-se governador, graças à sua total dependência de Deus.

Deus fala hoje ao nosso coração para que sejamos totalmente dependentes dele, em tudo o que fizermos ou planejarmos. Pois somente assim experimentaremos vitórias e bênçãos todos os dias do nosso viver!

Publicações Relacionadas

Outras Publicações